Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas

 

Ações distintas da Polícia Militar de Alagoas resultaram em prisões, apreensões de armas e na recuperação de um veículo roubado. As ocorrências foram registradas durante a última segunda-feira (06), na Capital e no Interior. Confira o resumo:

 

Bope

Ações do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) resultaram em prisões durante a última segunda-feira (06), em Maceió.

Durante abordagens na Grota do Rafael, uma guarnição encontrou um homem com  um mandado de prisão em aberto por crimes contra pessoas vulneráveis. Ele foi conduzido para a Central de Flagrantes para os devidos  procedimentos cabíveis.

Já no bairro do Feitosa, a guarnição Bope Comando encontrou um homem foragido da justiça, com um mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio. Ele foi conduzido para a Central de Flagrantes para os procedimentos legais.

No final da noite, guarnições do Bope foram verificar uma denúncia de porte ilegal de arma de fogo no bairro do Rio Novo. Os militares foram até o local e lá encontraram o suspeito que tentou fugir ao perceber a presença dos policiais, mas sem sucesso. O autor foi capturado e com ele foi encontrado uma pistola calibre 380 com onze munições. Diante dos fatos, ele foi conduzido à central de flagrantes. 

Já nesta terça (07), equipes da unidade realizaram a apreensão de uma quantidade maconha, além de duzentos reais em dinheiro e uma balança de precisão. A ação aconteceu no bairro Jacintinho após uma abordagem de rotina dos militares. O suspeito e o material foram levados à Central de Flagrantes.
4° CPM/I 

Em Viçosa, a equipe do Pelopes da 4ª Companhia de Polícia Militar Independente (CPM/I) recebeu uma denúncia sobre um indivíduo portando uma arma de fogo em um estabelecimento comercial. as guarnições foram até o local indicado e lá encontraram um revólver calibre 32 com quatro munições embaixo de uma prateleira. Diante do flagrante o autor, um homem de 23 anos, foi encaminhado para a Delegacia Regional de Polícia (DRP), em Murici. 

Mais cedo, em Atalaia, as guarnições do Pelopes encontraram um veículo do tipo cavalinho abandonado em um posto de combustível da cidade. Os militares constataram que se tratava de um veículo roubado. Eles conseguiram localizar o proprietário do cavalinho e o conduziram para a DRP de Murici para a confecção do Boletim de Ocorrência. 

 

PATRULHA MARIA DA PENHA

Na Capital, a guarnição de Força Tarefa da Patrulha Maria da Penha foi acionada para uma ocorrência de violência contra mulher no bairro do Feitosa, onde a vítima teria sido agredida fisicamente em dias anteriores e que nesta segunda-feira ela teria sido agredida verbalmente e ameaçada pelo autor. Os militares foram até o local e lá, mesmo na presença da guarnição, o autor voltou a ameaçar a vítima. Diante dos fatos o homem de 24 anos foi conduzido para a Central de Flagrantes para as medidas cabíveis.

 

Publicado em Notícia

Na manhã desta quarta-feira (13), a Patrulha Maria da Penha (PMP) concluiu a capacitação de todo o efetivo do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM). As instruções foram ministradas por integrantes da Patrulha e coordenadas pela Capitã Cristiane Pinheiro e pela Tenente Larisse Lessa, no período de 11 a 13 de abril, no auditório do Batalhão, localizado no bairro do Benedito Bentes, na parte alta de Maceió.

A formação continuada nas unidades da Polícia Militar de Alagoas tem o intuito de instruir os agentes de segurança pública, a fim de padronizar e qualificar a ação dos policiais militares que, eventualmente, atendam ocorrências no campo de violência doméstica. O objetivo é prestar um melhor atendimento à população de uma maneira geral partindo do pressuposto que a violência doméstica não atinge somente a mulher, mas todo seio familiar e a comunidade ao seu redor.

13 04 2022 patrulha1

Estão sendo abordados temas e aspectos como os tipos de violência contra a mulher, sinais de dominação, comportamentos abusivos, feminicídio, violência sexual, a aplicação da Lei Maria da Penha e as atualizações legislativas como a violência psicológica (Lei 14.188/21), Lei Estadual dos Condomínios (Lei 8485/21) e a Violência Institucional (14.321/22).

“A capacitação do efetivo da PM é um grande avanço no combate à violência doméstica em Alagoas, pois além de aprimorar os conhecimentos dos agentes da segurança pública no combate à violência contra a mulher, padroniza os procedimentos a serem executados e os deixam especializados para esse tipo de ocorrência”, salientou a Subcomandante da PMP, capitã Cristiane Pinheiro.

13 04 2022 patrulha2

Publicado em Notícia


Militares integrantes da Patrulha Maria da Penha participaram na tarde dessa segunda-feira (28) do lançamento do aplicativo Salve Maria. O evento aconteceu no Salão Aquatune, no Palácio República Palmares, e contou com a presença do Subcomandante Geral da PM, Coronel Thúlio Emery.

 

A iniciativa nasceu através de um Acordo de Cooperação Técnica realizado entre o Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública, da Agência de Tecnologia da Informação e da Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos. Desta forma, o aplicativo Salve Maria chega a Alagoas como mais uma ferramenta para o enfrentamento à violência doméstica e familiar.



O aplicativo conta com uma interface interativa, de fácil utilização, que permite à vítima acionar os mecanismos de defesa em casos de violência contra a mulher. Por meio deste serviço, a polícia pode ser acionada com a opção ‘botão do pânico’, além de também ser possível o envio de denúncias anônimas sobre agressões (físicas, morais ou psicológicas), com detalhamento de informações, fotos e vídeos.

 

pmp 29.03 2

 

“É um grande avanço para Alagoas a implantação do aplicativo Salve Maria. Sabemos que o ciclo da violência contra a mulher é difícil de ser quebrado, mas quando unimos forças em busca de um propósito, tudo é possível. E, assim, ao fortalecermos a rede de atendimento à mulher, firmamos o objetivo em comum de minimizar os índices de violência doméstica no Estado”, reforçou a secretária da Semudh, Maria Silva.

 

Para a Subcomandante da Patrulha Maria da Penha, Capitã Cristiane Pinheiro, “o aplicativo Salve Maria vem para somar com as demais formas de garantia de proteção às mulheres em situação de violência. Um aplicativo dessa grandeza vai permitir que a Rede de Proteção, da qual a Patrulha faz parte, possa socorrer, instruir e acolher essa mulher e, após ela realizar a denúncia, solicitar a sua medida protetiva de urgência para que possa ser acompanhada pela Patrulha”, afirmou.



O aplicativo está disponível para as plataformas Android e IOS.

 

pmp 29.03 1

Publicado em Notícia

Guarnições da Polícia Militar de Alagoas registraram apreensões nas duas maiores cidades alagoanas nessa sexta-feira (25). Em Maceió, a Força Tática do 5º BPM apreendeu um revólver com numeração raspada e quatro munições de calibre 38, aproximadamente 2.200 gramas de maconha e 20 gramas de crack após uma denúncia anônima recebida pelo Serviço de Inteligência.

O armamento e parte da droga foram encontrados dentro de uma residência localizada na Rua Santa Rita, no bairro do Clima Bom. A busca foi autorizada pela esposa do acusado de 27 anos. Com o flagrante, o jovem ficou bastante agressivo e nervoso, sendo necessário o uso da força para imobilizá-lo e contê-lo. Em seguida, o rapaz confessou que guardava drogas no conjunto Bela Vista 2, no Benedito Bentes, fato constatado posteriormente.

Diante das constatações, o infrator foi conduzido à Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, para a realização dos procedimentos cabíveis. Junto à Polícia Judiciária, ele foi autuado pelos crimes de Tráfico de drogas e Posse ilegal de arma de fogo.

No mesmo momento, guarnições do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) patrulhavam pelo conjunto Rosane Collor, também no Clima Bom, quando foram informadas por um transeunte sobre a comercialização de ilícitos que estava ocorrendo numa comunidade da região.

26 03 2022 bope

Ao chegarem ao local denunciado, localizado na Rua Santa Luzia, os militares foram autorizados pela dona do imóvel para averiguarem o perímetro. Dentro de um quarto cheio de materiais, os policiais encontraram 300 gramas de maconha, 25 gramas de crack, 20 gramas de cocaína e duas balanças portáteis de precisão. Após as diligências, a mulher de 44 anos foi encaminhada à Central I, onde foi autuada por Tráfico de drogas.

Minutos antes, mas em Arapiraca, o Pelotão de Rocam do 3º BPM prendeu um homem de 20 anos com uma quantidade de maconha na Rua Professora Maria Ana Santos Galindo, no bairro Canafístula.

O jovem chegou a tentar empreender fuga, mas foi interceptado logo em seguida. Após a averiguação durante a abordagem, o infrator informou que possuía mais materiais ilícitos em sua residência, localizada nas proximidades. O fato foi constatado e no total foram encontrados 850 gramas de maconha, 12 gramas de crack, 80 pinos para embalar cocaína, uma balança de precisão e papel filme. A busca domiciliar foi autorizada pela esposa do rapaz.

26 03 2022 3bpm

Diante dos fatos, o indivíduo foi levado à Central de Polícia para a realização dos procedimentos cabíveis. Junto à Polícia Civil, o infrator também foi autuado pelo crime de Tráfico de entorpecentes.

 

Mais duas prisões

Nessa sexta, a Patrulha Maria da Penha também registrou a prisão de um homem de 54 anos após ele ter descumprido uma Medida de Proteção de Urgência na região da Praça Padre Cícero, no bairro do Benedito Bentes, na parte alta da Capital. Os militares foram acionados por uma das assistidas pela Polícia Militar, que informou que o indivíduo encontrava-se em seu estabelecimento comercial.

De acordo com a decisão judicial, o infrator não pode se aproximar da vítima, muito menos entrar em contato por nenhum meio de comunicação. Ele foi conduzido à Central I e autuado conforme a legislação vigente de combate à violência contra a mulher.

Já na manhã deste sábado (26), a RP do 3º BPM prendeu um homem de 51 após ele ter praticado atos sexuais com uma égua na região da Praça Poliesportiva do bairro João Paulo II, em Arapiraca. Os militares chegaram ao local após serem acionados pelo Copom e encontraram o indivíduo detido pela segurança municipal e pelo funcionário do proprietário do animal.

De acordo com a testemunha, o homem foi encontrado por trás da égua, que estava com o pescoço e as pernas amarradas. Ao ser indagado pelos militares, o indivíduo afirmou que “era melhor fazer isso que roubar”. Diante do caso, o infrator foi conduzido à Central de Polícia e autuado pela prática de Zoofilia, conforme a Lei Federal 9.605/1998.

Publicado em Notícia

Policiais militares da Base Comunitária do Novo Jardim, pertencente ao Batalhão de Polícia de Guardas (BPGd), ministraram uma palestra para estudantes da Escola Estadual Alfredo Gaspar de Mendonça, localizada no conjunto Eustáquio Gomes, no bairro Cidade Universitária, em Maceió, na tarde dessa quarta-feira (23).

A palestra para os alunos do primeiro ano do Ensino Médio teve como objetivo apresentar a rotina da atividade policial militar, esclarecer dúvidas sobre a profissão e fomentar o interesse da juventude pelo trabalho policial. Na ocasião, foi promovido um diálogo entre a guarnição e os estudantes, e também foram debatidos temas relevantes do cotidiano do serviço.

 

Capacitação

A Patrulha Maria da Penha (PMP) concluiu nessa quarta, uma capacitação com todo o efetivo sobre gênero e os grupos vulneráveis. A iniciativa, que foi realizada nos dias 21 e 23 de março, no auditório do Batalhão de Polícia Escolar (BPEsc), servirá para que os militares possam atuar com base nas garantias legais e nos direitos fundamentais da pessoa humana, no sentido de melhorar a qualidade no atendimento à sociedade, a fim de minimizar o preconceito e a discriminação na oferta do serviço público.

24 03 2022 pmp

A capacitação foi ministrada por membros da Superintendência de Políticas Públicas de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh), que apresentaram estudos de casos para avaliar e orientar a percepção e ação na base legal.

“O silêncio e a invisibilidade das variadas e complexas formas de ser e existir, estão na base da formação da sociedade. Esse silêncio e invisibilidade como forma de negar e, portanto, excluir as variadas formas de ser, refletem no serviço público tornando esse tipo de capacitação essencial para proporcionar à tropa uma visão crítica, para que possa atuar de acordo com as garantias fundamentais que nossa constituição traz para cada cidadão brasileiro”, afirmou a Comandante do BPEsc e da Patrulha, Tenente-coronel Danielli Assunção.

24 03 2022 pmp1

24 03 2022 pmp2

Publicado em Notícia

Equipes da Polícia Militar registraram apreensões distintas em Maceió nessa segunda-feira (21). Após informações repassadas pelo Serviço de Inteligência, as guarnições da Força Tática do 4º Batalhão da Corporação encontraram um revólver e 15 munições de calibre 38 dentro de um veículo no bairro Cidade Universitária.

Após a abordagem, os militares foram informados pelo proprietário do carro, que ele possuía o registro do armamento. No entanto, durante averiguação foi constatado que ele tem o direito de manter a arma dentro de casa e não portá-la como estava. Diante do fato, o homem de 29 anos foi encaminhado à Central de Flagrantes I, no Farol, e autuado pelo crime de Porte ilegal de arma de fogo. O indivíduo foi solto após o pagamento de uma fiança no valor um salário mínimo e vai responder em liberdade.

Já a guarnição Rocom 05, pertencente ao 1º Batalhão da PM, apreendeu 600 gramas de maconha após a abordagem a um jovem de 21 anos no bairro do Vergel do Lago. O entorpecente foi encontrado com ele e também dentro de sua residência, localizada numa vila da Rua Virgílio Guedes. Depois do flagrante, o infrator foi levado à Central I e autuado pelo crime de Tráfico de drogas. A ação também contou com o apoio da P2.

22 03 2022 1bpm

 

Mais uma prisão

Na noite dessa segunda, a guarnição extra da Patrulha Maria da Penha prendeu um homem de 53 anos na Travessa Santa Rita, no bairro do Clima Bom. O homem foi levado à Central de Flagrantes após a sua ex-companheira denunciar que havia sido agredida por ele. De acordo com a vítima, ele desferiu chutes e socos, causando hematomas na coxa direita. Ele teria feito ameaças contra ela dizendo que colocaria drogas em sua residência e faria denúncia para a polícia.

Os militares inclusive foram ao local após serem acionados por uma guarnição do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), que tinha ido averiguar a denúncia feita, e constatou a situação de violência doméstica. O infrator foi autuado junto à Polícia Civil pelo crime de Lesão corporal dolosa.

Publicado em Notícia

A Polícia Militar de Alagoas deu uma valiosa contribuição para o aprendizado de estudantes de turmas dos cursos de Técnico em Enfermagem e Radiologia da Escola Santa Juliana. Na noite desta quarta-feira (16), a cabo Klésia Lins, da 3ª do Estado-Maior Geral (EMG) da Corporação ministrou uma palestra sobre o empoderamento feminino e a violência contra mulheres e crianças.

O encontro ocorreu em uma das salas da unidade de ensino técnico localizada no bairro do Farol, em Maceió. Durante a palestra, a policial feminina, que já atuou no Sistema Prisional de Alagoas, também explanou sobre o aumento do encarceramento feminino no Brasil, atendimento de casos de violência em instituições públicas e comportamentos da mulher tanto enquanto vítima, quanto em situações que ela é a infratora - por exemplo em casos contra menores de idade.

16 03 2022 palestra1

“A gente abordou os temas de violência, a mulher como vítima e também algoz. Também falamos sobre a Lei Maria da Penha e o que a PM tem atualmente de recursos para contribuir com a sociedade, como por exemplo, a Patrulha Maria da Penha e o procedimento da Corporação nesses casos de violência”, afirmou a praça, que é formada em Pedagogia pela Universidade Federal de Alagoas e especialista em Segurança Pública pela Universidade Estácio.

Para a professora Jacqueline de Sá, que leciona as disciplinas de Microbiologia e Epidemiologia, o conhecimento adquirido vai ajudar os discentes tanto no âmbito profissional, quanto no pessoal. De acordo com ela, a colaboração vai refletir no atendimento de possíveis casos de violência feito pelos futuros profissionais.

“Desde de 2020, as agressões contra a mulher e as crianças entraram no conceito de doenças e agravos de notificação compulsória por parte dos profissionais de saúde. No quadro da saúde, a vítima é direcionada para um atendimento especializado, como por exemplo, para um psicólogo, um psiquiatra ou mesmo para fazer tratamentos advindos da agressão que ela teve; Ela pode ter sido vítima de uma violência sexual e acabar adquirindo uma doença sexualmente transmissível, que precisará ser tratada da melhor forma. O conhecimento sobre esses tipos de violência vai ajudar na prestação de uma melhor assistência às vítimas”, afirmou a docente.

16 03 2022 palestra2

“Essa é uma ótima oportunidade de contribuir e fazer parte de um curso de formação. É mais um diálogo que a gente abre com a sociedade para a preparação, edificação e conhecimento. É mais uma ponte entre a PM e a sociedade, que as vezes não tem acesso ao que a Corporação pode proporcionar no sentido de prevenção. As vezes as pessoas só acham que servimos para o socorro imediato, mas também temos um trabalho preventivo e de auxílio”, finalizou a cabo Klésia.

Durante o evento, realizado também dentro da programação do mês da mulher organizada pela instituição de ensino, os estudantes também puderam homenagear personalidades femininas que possuem grande importância na vida deles, como as mães. Os discentes também puderam sanar dúvidas sobre as temáticas debatidas.

16 03 2022 palestra3

Publicado em Notícia

As guarnições da Força Tática do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM) prenderam um dos líderes do grupo criminoso que vinha aterrorizando a população e cometendo assaltos no bairro do Bom Parto, em Maceió. A prisão ocorreu, nessa quarta-feira (09), na Travessa São Francisco, na Levada, após levantamentos do Serviço de Inteligência da unidade.

Com a aproximação dos militares à vila onde o indivíduo estava homiziado, ele tentou empreender fuga pelo telhado, mas logo foi interceptado numa rua adjacente. Com o rapaz de 20 anos, os policiais apreenderam um revólver e duas munições de calibre 357. Após buscas autorizadas em sua residência, também foi apreendido um simulacro pistola, 780 gramas de maconha e uma balança de precisão.

Diante dos fatos, o infrator foi encaminhado à Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, para a realização dos procedimentos cabíveis. Junto à Polícia Judiciária, ele foi autuado pelo crime de Tráfico de entorpecentes com uso de arma de fogo.

 

Outra prisão

Também nessa quarta, a Patrulha Maria da Penha prendeu um homem de 59 anos que estava violentando a esposa de 42 anos no bairro do Benedito Bentes, na parte alta da Capital. Ao chegarem ao local após uma denúncia recebida através do Copom, os militares encontraram o infrator visivelmente embriagado dentro da residência.

De acordo com a vítima, diariamente, ela vive sob ameaças, violência física e psicológica na presença dos filhos. Diante da situação, as partes foram levadas à Central I para que as medidas cabíveis fossem tomadas. Junto à Polícia Civil, o infrator foi autuado conforme o Artigo 147 do Código Penal Brasileiro (CPB). A guarnição ainda orientou a vítima sobre os tipos de violência doméstica que envolvem a questão e o papel da Patrulha Maria da Penha. 

Publicado em Notícia

A Polícia Militar de Alagoas, por  meio da Patrulha Maria da Penha (PMP), iniciou na manhã deste sábado (26) a Operação “Sem Carnaval, mas com Proteção”. A iniciativa tem o intuito de promover maior segurança ao gênero feminino, nos diversos bairros da capital alagoana durante o período carnavalesco.

A operação adotará medidas preventivas e ostensivas no intuito de atender os chamados que envolvam violência doméstica, prestando orientações especializadas na proteção das mulheres, assim como desafogar esse tipo de ocorrência às guarnições das áreas recobertas, garantindo a tranquilidade durante todo o período momesco.

 26 02 2022pmpcarnaval

Entre as iniciativas preventivas, foi realizada uma Blitz de Conscientização sobre a Violência contra Mulher na orla marítima. A ação consistiu na entrega de material informativo de conscientização – realizada pela Rede de Enfrentamento –, informando os tipos de violências sofridas pelas mulheres, que são, na maioria das vezes, cometidas pelo companheiro afetivo, que podem ser denunciadas às autoridades policiais. 

“Esta ação é essencial para que não só as mulheres tenham ciência dos meios que dispomos para protegê-las, mas também que a população saiba como proceder e a quem recorrer ao presenciar alguma situação de violência, o que nos permitirá avançar ainda mais no suporte dessas mulheres e no combate à violência”, afirmou a comandante da PMP, Tenente-coronel Danielli Assunção.

 26 02 2022pmpcarnaval2

“Hoje o Estado conta com uma rede consolidada de proteção e atendimento à mulher, sendo a Patrulha Maria da Penha um dos órgãos que compõem esse sistema. Atualmente, mais de 1600 mulheres já foram encaminhadas pelo Poder Judiciário e foram acompanhadas de perto pelas equipes da Patrulha, que hoje está promovendo a orientação de motoristas e pedestres”, completou a comandante.

Publicado em Notícia

Na manhã desta quinta-feira (24), a guarnição Solo 2, pertencente ao 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), apreendeu uma quantidade de entorpecentes com um jovem de 22 anos no bairro do Bom Parto, em Maceió.

Os militares realizavam patrulhamento de rotina pela região da Rua do Campo quando avistaram o indivíduo em atitude suspeita, bastante nervoso. Após a abordagem, foi verificado que ele estava com algumas bombinhas de maconha no bolso e ao lado dele foi encontrada outra quantidade da droga dentro de uma sacola, totalizando 160 gramas. Na bolsa, também foram encontrados 11 gramas e R$ 18,00. Quatro anéis e uma corrente de prata também foram apreendidos.

Diante do fato, o infrator, que confessou a propriedade do material, foi encaminhado à Central de Flagrantes I, no Farol, para que fossem tomadas as medidas cabíveis. Junto à Polícia Judiciária, ele foi autuado pelo crime de Tráfico de entorpecentes.

 

PMP

Já durante a noite de quarta-feira (23), militares da Patrulha Maria da Penha prenderam um homem de 50 anos pelo crime de Estupro de vulnerável contra uma criança de sete anos de idade na Rua do Passarinho, no conjunto Cleto Marques Luz, Tabuleiro do Martins, parte alta da Capital.

Ao chegar ao local, a equipe foi informada pela vítima de que após a saída de sua avó para comprar bebida alcóolica, o companheiro dela teria se aproveitado para acariciar suas partes íntimas e a beijado. A menina contou ainda que a avó teria flagrado o abuso e que, diante do ocorrido, teria sofrido mais agressões.

Vizinhos confirmaram o histórico de episódios frequentes de violência na residência tendo a criança como vítima. Com apoio da Supervisão da 5ª Companhia de Polícia Militar Independente (CPM/I) e da Força Tarefa, os policiais foram em busca dos pais da criança, que residem em Marechal Deodoro. O fato foi encaminhado à Central de Flagrantes para adoção dos devidos procedimentos.

Publicado em Notícia
Página 1 de 6