Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas

Um automóvel tomado em assalto foi recuperado e uma quantidade de maconha foi apreendida durante ocorrências registradas pelo 3º BPM no município de Arapiraca, Agreste Alagoano.

O veículo foi encontrado abandonado em uma via no Povoado Mangabeiras, na Zona Rural da cidade. Militares chegaram até o carro após informações passadas por populares ao COPOM. Segundo informações, o automóvel teria sido roubado durante a madrugada de quarta (22). Os militares foram até o endereço do proprietário e encaminharam o homem junto ao veículo para a Central de Polícia para a realização dos procedimentos.

E6420DDE E875 482C 8867 EEA38DC5B50A

Já no Centro da cidade, um homem de 22 anos foi preso sob posse de uma quantidade de drogas. Militares realizavam rondas pela região quando foram abordados por uma testemunha, informando sobre a presença de um indivíduo traficando drogas nas imediações de um ponto de van. Ao chegar no local, os policiais avistaram o homem com as características indicadas e realizaram a busca pessoal. Com ele, foram encontradas 10 bombinhas de maconha. Além disso, foi realizada uma busca veicula, onde foi localizada uma sacola com mais drogas, totalizando 66 bombinhas de maconha. O suspeito e o material foram levados à Delegacia de Palmeira dos Índios para a realização dos procedimentos cabíveis.

Publicado em Notícia

Três pessoas foram detidas em flagrante de delito durante ações de nossos militares da capital e no interior. Em um dos casos, um homem chegou deferir um soco contra um dos policiais. Confira os detalhes:

3º BPM

Militares realizavam rondas pela cidade de Campo Grande, quando foram informados que um indício estaria urinando em uma praça. Ao chegar no local, os militares localizaram o homem e questionaram o motivo da ação. Então, o rapaz iniciou uma série de insultos aos militares. Além disso, o homem se negou a colocar as mãos na cabeça para o início da busca pessoal. Não satisfeito, o suspeito partiu para cima da guarnição e deu um soco nas costas de um dos militares. Diante dos fatos, foi necessário utilizar spray de pimenta e algemas para conter o homem. Diante dos fatos, militares conduziram o suspeito para à Delegacia de Palmeira dos Índios. Lá, o homem continuou com os insultos e ameaças em direção à guarnição, inclusive na presença de sua advogada. O indivíduo de 24 anos foi autuado por Desobediência, Ameaça, Desacato e Difamação.

Já em Teotônio Vilela, militares foram acionados para averiguar uma suposta colisão entre um carro e uma moto. Ao chegar no local foi verificado que o condutor da motocicleta apresentava sinais de embriaguez, sendo necessário conduzi-lo ao posto da PRF de São Sebastião para a realização do teste de alcoolemia. O resultado constatou a embriaguez e o homem, de 21 anos, foi levado à Delegacia de Penedo, onde foi autuado pelo crime de embriaguez ao volante.

Patrulha Maria da Penha

Militares saíam de uma diligência no Vilage Campestre, quando foram abordados por populares, que relataram a presença de uma mulher chorando em via pública. Ao chegar no local, os policiais se depararam com um indivíduo abraçando uma mulher, como se fosse um casal. Os militares realizaram a busca pessoal, não sendo encontrado ilícitos. Neste momento, a mulher relatou estava sozinha quando o homem, que ela não conhecia, sentou ao seu lado e começou a tocar em seu corpo e beijá-la sem consentimento. Além disso, o suspeito teria tocado em suas partes íntimas e agido de maneira agressiva ao puxar o seu cabelo, impedindo-a de se afastar. O homem foi conduzido à Central de Flagrantes, onde foi autuado por importunação sexual.

Publicado em Notícia

A Patrulha Maria da Penha (PMP) concluiu, na última terça-feira (17), mais uma importante capacitação junto à Guarda Civil do município de Pilar. A capacitação teve duração de três dias e ocorreu em duas etapas: um nivelamento teórico realizado de forma on-line, com instrutores civis e militares; e um nivelamento técnico/operacional, que ocorreu em dois momentos.

2D8EB13C 1852 4736 9D8A 3DA891C6F08E

O primeiro foi uma instrução presencial, pela manhã, no Batalhão de Polícia Escolar (BPEsc), em Maceió, onde os guardas tiveram palestras sobre o trabalho realizado pela Patrulha Maria da Penha, o fluxograma de atendimento, sobre a documentação utilizada no dia-a-dia, e tiveram também uma palestra do projeto Juntos por elas.

7F6517C0 FE84 4CE4 B513 A4CD1B6C9E3B

Já o segundo, no período da tarde, os agentes da Guarda Municipal de Pilar foram até a sede da Patrulha Maria da Penha, para conhecer a dinâmica do serviço realizado pelos militares e acompanharam as guarnições em algumas visitas fiscalizatórias às assistidas.

5155356B 8208 4491 A153 E8D4D4757E85

A comandante da PMP, Capitã Cristiane Pinheiro, destacou a importância da capacitação na prevenção e no cuidado de mulheres vítimas de violência doméstica no estado.

“A capacitação tem como finalidade padronizar as ações que visam acolher as mulheres vítimas de violência, para que estes agentes possam atuar de forma técnica e qualificada. Afinal, é preciso ter uma sensibilidade ainda maior para com a mulher que já sofreu uma agressão. Hoje, podemos dizer que, com o curso, Pilar tem uma Guarda Municipal ainda mais preparada”, analisou a oficial, destacando a importância dos servidores terem visualizado, na prática, o trabalho da Patrulha Maria da Penha da Polícia Militar de Alagoas.

*Texto da Patrulha Maria da Penha 

Publicado em Notícia

Ações operacionais de guarnições do 3º BPM retiraram de circulação mais de 1kg de cocaína e uma pistola. Além disso, os militares recuperaram uma moto que havia sido roubada. Os fatos aconteceram durante a última quarta (18) na cidade de Arapiraca

A arma de fogo foi apreendida após a guarnição ser acionada pelo COPOM para averiguar uma suposta ameaça contra um funcionário da empresa Equatorial. Segundo o trabalhador, um homem teria o ameaçado com uma pistola, além de ter atirado em direção ao chão. De acordo com o funcionário, o homem teria se revoltado após receber uma notificação acerca de uma irregularidade no consumo de energia da residência. Ao chegar no local, os militares não localizaram o autor, nem o funcionário da empresa, porém, a esposa do proprietário da casa confirmou a veracidade do relato e autorizou a entrada dos policiais na residência. Durante as buscas, foi localizada uma pistola 9mm, além de 19 munições do mesmo calibre. A mulher confirmou que também foi ameaçada por seu esposo. A guarnição entrou em contato com a Equatorial e conseguiu localizar o funcionário, e em seguida o infrator. As partes foram levadas ao CISP de Palmeira dos Índios para a realização dos procedimentos cabíveis.

80E4B896 D51C 45A6 A567 9F002A1F9F17

Já as drogas foram encontradas no bairro Primavera. Militares realizavam rondas pela localidade, quando foram informados por populares que alguns indivíduos estaria traficando drogas em uma das residências da região. Ao chegar na casa, os militares avistaram um indivíduo saindo em direção a calçada com um pacote na mão. Ao ser questionado sobre o conteúdo do pacote, o homem confirmou que se tratada de ilícitos. Com a devida autorização, os policiais realizaram uma busca domicilar, encontrando uma quantidade de cocaína, uma balança de precisão e uma prensa industrial, além de duas munições. Diante dos fatos, o suspeito de 34 anos foi levado à Polícia Civil.

Por fim, uma motocicleta que havia sido roubada foi recuperada na Zona Rural do município. Segundo informações recebidas pelos militares, o veículo estava abandonado em um trecho do Sítio Carrasco. Chegando no local, o fato foi constatado. A moto foi conduzida à Central de Polícia e a proprietária informada sobre o caso.

A7618F6F FD41 4D72 A34D 9CFF24AF25AD

Publicado em Notícia


Com o objetivo de se estabelecer uma parceria institucional entre a Polícia Militar de Alagoas e a Caixa Econômica Federal, foi realizada na manhã desta sexta-feira (11) uma reunião com Comandante Geral da PM, Coronel Wellington Bittencourt, e representantes da Instituição Financeira em Alagoas.

 

Durante a reunião, o Comandante Geral abordou assuntos de interesse da Corporação, como produtos e benefícios para os policiais militares, a exemplo o programa habitacional Habite Seguro, além de tratar sobre assuntos de segurança da Caixa, como a disponibilização em tempo real as imagens das ocorrências nas agências, que viabilizará uma forma mais eficaz de abordagem durante as diligências.

 

A reunião contou com a presença do Comandante do Comando de Policiamento da Capital, Coronel Carlos Luna, do Superintendente de Rede da Caixa em Alagoas, Fares Haum, além de oficiais representantes das áreas do Serviço de Inteligência, Comunicação Social, do COPOM, e também com dirigentes da Caixa.

Publicado em Notícia

03 de fevereiro de 2022. A Polícia Militar de Alagoas completa 190 anos de fundação. É com muito orgulho que vivenciamos este momento histórico. A mesma PM que esteve presente em diversos episódios da história alagoana e do País, a mesma polícia que debelou o bando de Virgulino Lampião, é a Polícia que é uma das protagonistas de um dos momentos mais positivos na segurança pública. Há muito que comemorar e os números comprovam isto.


São 190 anos: UM-NOVE-ZERO. O simbolismo desta data vai além do aniversário e remete ao nosso contato para o chamado da sociedade. Que esta data venha reafirmar em nossas mentes e corações a nobreza e a responsabilidade contidas na farda que envergamos.


Todas as vezes que assumimos o serviço, a cada via patrulhada, a cada abordagem e técnica empregada, quando coibimos um ato ilícito, quando detemos quem infringe a lei para preservar a vida do cidadão, quando olhamos com cuidado, quando chegamos onde ninguém chega, quando encaramos o que profissão nenhuma encara.


Na linha de frente ou nos setores internos, somos parte de uma grande e imponente instituição.  


Nesta última década, o Estado de Alagoas reduziu os números de homicídios em mais de 50% enquanto ampliou significativamente a quantidade de armas de fogo e de drogas retirados de circulação tornando-se exemplo para todo o País. Tudo isso se deve ao investimento e suporte do Governo do Estado e da Secretaria de Segurança Pública e, principalmente, aos mais de 7 mil guerreiros e guerreiras que compõem as fileiras de nossa Briosa.  


Gratidão é a palavra. Gratidão:


- A todos os que dedicaram suas vidas ao cumprimento deste mister ao longo desses quase 200 anos, sobretudo ao que deram seu sangue e sua vida em combate. Aos veteranos, nossa memória e respeito;

- Aos homens e mulheres que servem nas nossas fileiras diuturnamente;

- Gratidão aos gestores do Executivo estadual, excelentíssimo senhor Governador Renan Filho e da Segurança Pública, o senhor secretário Alfredo Gaspar;

- Gratidão aos pais, mães, filhos e parentes daqueles que se dividem e formam a Família Polícia Militar de Alagoas;

- Aos cidadãos alagoanos: continuem apoiando e confiando na nossa Polícia Militar, afinal SUA SEGURANÇA É A NOSSA MISSÃO!



Coronel QOC PM Wellington Bittencourt Maranhão de Araújo
Comandante Geral da PM-AL

Publicado em Notícia

Servindo e protegendo a população desde o dia 03 de fevereiro de 1832, a Polícia Militar de Alagoas está celebrando seus 190 anos de fundação. Para marcar a data, nesta quinta-feira (03), a partir das 19h, será promovida uma cerimônia militar.

A solenidade contará com promoções de militares e outorga de medalhas, além de desfile militar na área de ensino. O ato ocorrerá no pátio da Academia de Polícia Militar Senador Arnon de Mello (APMSAM), no Trapiche da Barra.


O evento marcará ainda o rito militar de compromisso dos promovidos ao primeiro posto do oficialato. Os 49 militares formados na última turma do Curso de Formação de Oficiais (CFO 2020) completaram o aspirantado e acabam de ascender ao posto de 2º Tenente.

História

Criada em 03 de fevereiro de 1832, recebendo a denominação de Corpo de Guardas Municipais Permanentes, a Polícia Militar teve como primeira missão manter a ordem interna na província de Alagoas, obedecendo às leis imperiais, bem como debelar os adeptos da Guerra dos Cabanos. Com o passar dos anos, a Polícia Militar de Alagoas, participou de diversos conflitos no cenário nacional e internacional, a exemplo da Guerra do Paraguai, em 1865, compondo o 20º Batalhão de Voluntários da Pátria.

A PM-AL se destacou no combate ao cangaço, que aterrorizava o Sertão do Nordeste Brasileiro, dando fim ao bando liderado por Virgulino Ferreira da Silva, conhecido até os dias de hoje como Lampião. A Corporação chega aos seus 190 anos no período em que a Segurança Pública no Estado de Alagoas vivencia excelentes números. Só no primeiro semestre de 2021, foram registrando os menores índices criminais da última década e a PM faz parte desta história.

Publicado em Notícia

Texto de Alan Fagner/Ascom SSP

O secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, empossou na manhã desta quarta-feira (1), os novos Conselhos de Integração Comunitária (CIC) para o biênio 2022-2023. A solenidade ocorreu no auditório Aqualtune, no Palácio República dos Palmares.

Os CIC, também conhecidos como Conselhos Comunitários de Segurança, são instrumentos que buscam aproximar as Forças de Segurança e as comunidades a fim de discutir, analisar e propor soluções para os problemas locais que repercutem diretamente na Segurança Pública.

Eles são compostos por representantes da esfera governamental (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Ronda no Bairro, Guarda Municipal, Secretaria de Prevenção à Violência – SEPREV, entre outros) e uma diretoria formada por moradores do bairro eleita pela sua comunidade.

“Os Conselhos Comunitários de Segurança foram eleitos dentro de cada território exatamente para representar a comunidade, porque a comunidade entende e sabe identificar seus problemas. O objetivo é que cada Conselho Comunitário se reúna com os órgãos de Segurança Pública para juntos observar e identificar quais políticas públicas são mais adequadas para reduzir a criminalidade em sua localidade”, explica o major Iran Rêgo de Melo, coordenador estadual de Polícia Comunitária.

Para dar certo, é importante o engajamento dos novos conselhos, participando ativamente com ideias, sugestões e ações, como destaca Erasmo Pereira Gomes, do Conselho Comunitário de Segurança do Vergel do Lago.

“Os senhores que estão sendo empossados hoje, honrem esse compromisso! É muito importante esse primeiro passo, mas as comunidades e toda a Segurança Pública aguardam uma resposta nossa”, disse o conselheiro.

Ao todo, foram empossados sete conselhos pertencentes às comunidades do Vergel do Lago, Jacintinho, Osman Loureiro, Santa Maria, Novo Jardim, Selma Bandeira e o Povoado Pedras, de Marechal Deodoro.

Os conselhos foram formados em todas as localidades atendidas por uma Base Comunitária da Polícia Militar, com exceção do Conjunto Carminha que ainda está em processo de construção do seu próprio CIC.

Para Alfredo Gaspar, as Bases Comunitárias são um vislumbre do que deverá se tornar a polícia no futuro e a participação efetiva da comunidade é fator decisivo na construção de uma sociedade mais segura.

“As Bases Comunitárias são um prenúncio da revolução verdadeira na Segurança Pública. As polícias e secretarias que contribuem (no combate à violência) sozinhas não chegarão muito longe sem a participação efetiva da comunidade. Contribuindo, apontando os defeitos, mas principalmente discutindo as soluções”, disse o secretário.

Amigo da Polícia Comunitária

Durante a solenidade também foram entregues os certificados de Amigo da Polícia Comunitária para aqueles que auxiliaram de algum modo no desenvolvimento dessa filosofia nas comunidades.

Receberam a homenagem: Alessandra Hora dos Santos, conselheira tutelar do Selma Bandeira; tenente-coronel PM Mário Xavier, comandante do 1º batalhão; capitã PM Lidiana Teixeira, chefe de gabinete da SSP; Adriana Leite, conselheira tutelar; e Anax Bruno Gama de Sá, assistente executivo de articulação e gestão estratégica da SEPREV, que participa de todos os Conselhos de Segurança na condição de membro nato.

Publicado em Notícia

 

Os domingos na orla de Maceió estão mais alegres. É que as apresentações do Programa Vem Ver a Banda Tocar (PVVBT), promovido pela Banda de Música da Polícia Militar de Alagoas (PMAL), teve o seu retorno oficial na manhã deste domingo (31), no Espaço Gerusa Malta, na Avenida Silvio Carlos Viana (Rua Fechada), na orla de Ponta Verde.

 

Durante o evento estiveram presentes a Secretária Estadual de Cultura, Melina Freitas, e o Comandante-geral da PMAL, coronel Wellington Bittencourt. Que aproveitaram a oportunidade para ressaltar a importância do retorno do PVVBT e da parceria entre a Secretaria Estadual de Cultura e a Polícia Militar.

 

 

“A música é diversão, é cultura e é terapêutica. O retorno das apresentações da nossa banda de música é importante não só para nossa Corporação, mas pra todo o Estado”, destacou o Comandante-geral.

 

“Esse projeto da Polícia Militar é belíssimo pois reúne toda a família nesse local com essa vista maravilhosa e com essa banda que é um espetáculo à parte”, disse a Secretária.

A apresentação deste domingo marcou a volta do Programa  Vem Ver a Banda Tocar, após quase dois anos de pausa devido à pandemia no Coronavírus. O programa, que conta com a apresentação do Centro Musical da PMAL, há mais de 20 anos proporciona boa música, alegria, descontração e qualidade de vida, não só para os frequentadores assíduos, como também para os turistas que visitam Maceió.

 

O PVVBT foi criado no ano de 1999 e desde então é sucesso entre os frequentadores assíduos do espaço que prestigiam a banda que é Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural Imaterial de Alagoas (tombada em 2012). Em decorrência da Pandemia da Covid-19, entre 2020  2021, as apresentações foram interrompidas.

 

Outubro Rosa

Em razão ao encerramento da campanha alusiva ao Outubro Rosa, mês de conscientização e combate ao câncer de mama, foram realizadas atividades educativas e de promoção à saúde com a população presente na Orla de Maceió.

 

Publicado em Notícia
Domingo, 31 Outubro 2021 11:11

3° BPM realiza apreensões em Arapiraca

 

Durante diligências distintas registradas nesse sábado (30), militares do 3° Batalhão de Polícia Militar realizaram diversas apreensões na cidade de Arapiraca.

 

Durante a manhã, a Guarnição RP 02 foi acionada para atender uma ocorrência de furto em uma residência, onde foram subtraídos vários objetos e um cartão de crédito. Os autores realizaram diversas compras com o cartão furtado, e através das imagens registradas pelas câmeras dos estabelecimentos, um dos envolvidos foi reconhecido.

 

A guarnição foi até o bairro Itapuã, onde o suspeito, um menor de 16 anos,  se encontrava e que tentou fugir ao avistar a presença policial. Os militares conseguiram capturá-lo e com ele estavam uma faca e uma corrente de prata, fruto de uma das compras. O autor confessou o crime e foi conduzido para a Central de Polícia.

Mais tarde, a guarnição RP 05 estava realizando rondas pelo bairro Manoel Teles quando avistou um indivíduo em atitude suspeita que tentou se desfazer de uma sacola ao perceber a presença policial. O suspeito foi abordado e se tratava de um menor de idade de 14 anos, e na sacola havia 12 trouxinhas de maconha.  Os militares tentaram localizar os responsáveis pelo adolescente no endereço indicado por ele, porém ninguém foi encontrado. Sendo assim acionado o conselho Tutelar e o menor foi encaminhado até a central de Polícia Civil.

 

Durante a noite, no bairro das Guaribas, a guarnição da Rocam estava em patrulhamento pela região quando percebeu um som muito alto vindo de um bar. Os militares foram até o estabelecimento e solicitaram que o proprietário abaixasse o volume, porém ele desrespeitou a guarnição. Devido ao fato, o homem de 49 anos foi conduzido a Central de Polícia para os procedimentos cabíveis.

 

OPERAÇÃO LEI SECA

Na cidade de Flexeiras, o efetivo da Operação Lei Seca realizou blitz de fiscalização durante a festa de São Benedito. Foram contatadas dez situações de alcoolemia, sendo três testes de etilômetro positivo e sete recusas. Também foram lavrados 27 autos de infração de trânsito e nove Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) recolhidas.

 

 

Publicado em Notícia
Página 1 de 18