Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas

Na manhã desta quinta-feira (02), a chefia do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento (CPD) da Polícia Militar de Alagoas promoveu uma reunião. Sob a condução do chefe do CPD, tenente-coronel Paulo Eugênio, o encontro reuniu os gestores da Central de Atendimento e Despacho (CAD) que integram os batalhões operacionais da Corporação.

“Esta reunião tem o objetivo de aprimorar ainda mais um serviço que já vem sendo desenvolvido. É importante que todas as OPMs tenham seus dados e consequentemente, realizem seus planejamentos de forma eficiente e eficaz”, destacou o chefe do CPD.


02 06 2022cpdr

A meta é, de forma continuada, aprimorar os boletins e, consequentemente, o atendimento, registros de ocorrência e análises e desses registros. Deste modo é possível mensurar por meio de estatística, e posteriormente, realizar a análise criminal. A consequência é uma melhor implantação do policiamento orientado para solução de problemas.

Gestão do CAD

No cotidiano da Corporação e das unidades operacionais, a função dos gestores do CAD é de grande relevância. O sistema concentra os boletins das ocorrências atendidas pelos batalhões no serviço de policiamento. Os gestores, por sua vez, realizam a revisão dos boletins. As informações reunidas subsidiam estatísticas e planejamentos – primordiais na prevenção e combate ao crime.    

Homenagem

A manhã foi também de homenagem. O CPD convidou a família do cabo André Luiz do Nascimento Barbosa para uma homenagem póstuma. O militar, que faleceu no último dia 24 em decorrência de causas clínicas, era um dos integrantes da equipe de gestores do CAD.

 02 06 2022CPDH

“Convidamos a família do nosso estimado cabo André para prestar esta justa homenagem ao militar que tanto fez e que por tanto tempo realizou com dedicação a função de gestor do CAD de sua unidade, o Batalhão de Polícia de Eventos (BPE). É uma forma de agradecer e reconhecer a memória de nosso companheiro”, enfatizou o tenente-coronel.

Publicado em Notícia

Militares que atuam nos setores administrativos da Polícia Militar de Alagoas estão sendo capacitados para uso do Boletim Eletrônico através do Aplicativo Quimera da Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP). Os treinamentos iniciaram na última segunda-feira (05) e se estenderam durante toda a semana. Novas turmas serão capacitadas ao longo do mês sob a condução do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento (CPD) da PM.

O CPD coordena o processo de capacitação e implantação do aplicativo nas diversas unidades da PMAL, incluído os órgãos administrativos e de assessoramento, tais como a Academia de Polícia Militar (APMSAM) e o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), a Diretoria de Apoio Logístico (DAL), o CAS (Centro de Assistência Social) bem como a Companhia de Comando e Serviços (CCSv) e o Centro Musical (CM) – estes dois últimos, ligados à Ajudância Geral.

O tenente-coronel PM Paulo Eugênio, chefe do CPD ressalta a importância do treinamento. “Essa capacitação visa também tornar nossos policiais multiplicadores no uso dessa importante ferramenta tecnológica. A Polícia Militar de Alagoas vem avançando muito na busca de soluções tecnológicas para o serviço operacional, e com o advento do aplicativo Quimera, poderemos viabilizar esse processo”, frisou o oficial superior.

O Quimera é um aplicativo desenvolvido pela Equipe de Tecnologia da Informação da SSP-AL que já está sendo utilizado nas consultas a veículos, pessoas, apresentação para o serviço e inclusão das ocorrências virtuais pelos smartphones dos policiais. Mais recentemente, a PM adotou mais uma funcionalidade na ferramenta, que é a confecção do Boletim de Ocorrência no formato eletrônico e, para isto, levou capacitação para unidades operacionais da Capital e do interior do Estado.


Publicado em Notícia

A Polícia Militar de Alagoas, por meio de seu Centro de Pesquisa e Desenvolvimento (CPD) tem dado prosseguimento à ampliação da implantação do Boletim de Ocorrência Eletrônico através do aplicativo Quimera. Após o Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), a ferramenta e sua nova funcionalidade agora está chegando a mais cinco unidades operacionais.

Nesta etapa o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), Batalhão de Polícia de Guardas (BPGd), 1° Batalhão de Polícia Militar (BPM) e 3° BPM estão sendo contemplados. A partir deste sábado (1º) e pelos próximos 15 dias, o efetivo destes batalhões vai vivenciar o Estágio de Operacionalização – quando as guarnições já irão confeccionar os boletins de suas ocorrências utilizando o Quimera.

Antes, porém, os militares passaram por um treinamento. As instruções duraram uma semana e orientaram os usuários a acessar e utilizar o mecanismo. Tendo em vista o período pandêmico vivido em todo o mundo, as instruções assim como aconteceu no BPRp seguiu as recomendações de prevenção à saúde estabelecidas pelo Decreto de Emergência do Governo do Estado. Passada a fase de instrução, que se estendeu por toda a última semana, é chegado o Estágio de Operacionalização.

Com a mudança os boletins, ao invés de físicos, adotarão o formato digital. “Esse crescimento tecnológico se reflete em um ganho significativo no campo operacional. Outra vantagem é o reflexo nas estatísticas. A perspectiva é de que tenhamos dados ainda mais eficientes e de forma mais célere. Tudo isso deve repercutir tanto no trabalho das guarnições quanto no planejamento operacional”, salientou o chefe do CPD, tenente-coronel Paulo Eugênio.

O oficial superior também enalteceu o trabalho imprescindível do setor de planejamento (P3) de cada unidade e ressaltou ainda que a lavratura deste novo formato de boletim conta com o apoio fundamental do Copom.

O CPD tem atentado para a forma como a inovação vem sendo assimilada pelo efetivo, para isso, uma pesquisa de opinião também faz parte do processo.

Quimera

A ferramenta, que foi desenvolvida pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/AL) para dar mais agilidade nos procedimentos da atividade policial e, consequentemente, dar celeridade ao serviço prestado à população. A primeira unidade da Corporação a ter essa otimização do serviço operacional, na Capital, foi o Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp).

A tecnologia já está em uso desde 2019 nas unidades operacionais e permite aos policiais a realização de consulta de informações referentes a pessoas, veículos, celulares, pré-apresentação de guarnição, além de disponibilizar outras funções durante uma ocorrência policial, tudo isso, por meio de smarthphone. Os PMs têm a informação que necessitam em tempo hábil com o aplicativo em mãos. Com isto, o tempo de comunicação é reduzido e a rede de rádio fica sendo mais utilizada para situações emergenciais.

Publicado em Notícia

Na tarde dessa quarta-feira (08), o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento do Estado-Maior Geral da Polícia Militar de Alagoas (CPD) deu continuidade ao Webinário: Inovações Tecnológicas para a Segurança Pública, que é um ciclo de capacitações voltados à analise criminal e estatística dentro da Corporação.

Na ocasião, foi realizada a segunda palestra, pela plataforma virtual do Google Meet, com cerca de 40 participantes, entre gestores da Central de Atendimento e Despacho (CAD) e oficiais do setor de Planejamento das unidades.

A palestra “Transformação de Dados em Conhecimento para tomada de decisão”foi ministrada pelo professor Valdick Sales, que é instrutor na Academia de Polícia Militar Senador Arnon de Melo (APMSAM)e consultor do quadro “Universo Digital” do programa jornalístico Bom Dia Alagoas da TV Gazeta.

Durante sua apresentação, ele mostrou diversas ferramentas de análise e mineração de dados para aperfeiçoar o trabalho dos gestores.

O chefe do CPD, tenente-coronel Paulo Eugênio, mais uma vez, mostrou-se muito satisfeito com o desenvolvimento do trabalho. “Tivemos uma grande contribuição do professor Valdick no processo de melhoria das atividades dos gestores do CAD. Parabenizamos a participação de todos”, disse o oficial.

Publicado em Notícia