Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Quinta, 28 Outubro 2021 04:39
FORMATURA

PM-AL forma 42 novos Choqueanos

II Curso de Controle de Distúrbios Civis foi coordenado pela APMSAM por meio do Bope

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Entre os 42 novos choqueanos estão oficiais e praças da PM alagoana, um soldado da PMPE e  dois PRFs Entre os 42 novos choqueanos estão oficiais e praças da PM alagoana, um soldado da PMPE e dois PRFs

“Pela paz e pela ordem! Choque!” – este é o brado dos combatentes choqueanos. 42 agentes de segurança pública acabam de concluir a segunda edição do Curso de Controle de Distúrbios Civis da Polícia Militar de Alagoas. O II CCDC foi promovido pela Academia de Polícia Militar Senador Arnon de Mello (APMSAM), por meio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

Os novos choqueanos – sendo dois policiais rodoviários federais, um soldado da Polícia Militar de Pernambuco e os demais, oficiais e praças, da PM alagoana – foram apresentados à sociedade em solenidade realizada na sede da APMSAM entre o final da tarde e o início de noite desta quarta-feira (27).

 IMG 20211028 WA0024

O ato contou com a presença do secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar e do Comandante-geral da PM, Coronel Wellington Bittencourt e seu subcomandante-geral, Coronel Thúlio Emery. Fizeram-se presentes o subcomandante da APMSAM, Tenente-coronel Olegário Paes e o comandante do Bope, Major Henrique Jatobá.

 

Sob os olhares de familiares, público civil e militar, comandantes e subcomandantes de unidades (da capital e do interior) e autoridades presentes, os concluintes adentraram ao pátio realizando demonstrações de formação ofensiva e defensiva. Com esmero e vibração, os formandos executaram evoluções pautadas em técnicas da doutrina de choque.

 IMG 20211028 WA0020

“Como membro desta instituição há 33 anos sinto-me grato, orgulhoso e vivendo um momento de transformação. Este curso é parte disso. Aos concluintes e seus familiares sintam-se parabenizados e agradecidos. Nosso compromisso é conduzir a Corporação nos patamares de excelência do serviço prestado à sociedade. Trata-se de nossa obrigação, preservar a vida do próximo, e para isso, nos empenhamos para capacitar a tropa à altura das necessidades que a sociedade clama”, destacou o Comandante-geral.


“Temos uma polícia militar que é uma das melhores e mais preparadas do Brasil. Gostaria de dizer aos choqueanos a toda a tropa que Alagoas é muito feliz por ter uma instituição da qualidade da PM. Que os senhores continuem com este mesmo entusiasmo sabendo que esta força que têm serve para garantir a paz e mostrar que o crime jamais vencerá a lei e a ordem”, enfatizou o secretário Alfredo Gaspar que, na ocasião, fez um retrospecto dos avanços e investimentos na área de segurança pública e que, por sua vez, resultam em índices positivos que avançam continuamente.

 IMG 20211028 WA0021

O comandante da unidade especializada, Major Herique Jatobá, agradeceu a todos os que colaboraram com o desenvolvimento do II CCDC, entre eles, o Comando-geral, diretorias e setores da Instituição envolvidos na execução das atividades, à equipe de coordenação do curso e também ao Tenente-coronel César Monte, ex-comandante do Bope. “Obrigado a todos os choqueanos por terem a determinação de chegarem até aqui, procurando trilhar um longo caminho, enfrentando grandes manifestações com o proposito de chegar até o fim e restabelecer a paz e a ordem onde elas deixarem de existir. A vocês, deixo minha admiração e respeito”, discursou o Major Jatobá.

Os três primeiros colocados foram reconhecidos durante a cerimônia. Foram eles: o Soldado PM Caio Fellipe dos Santos Silva (3º), o Cabo PM Ricardo Santos de Oliveira (2º) e o 1º colocado, o Aspirante a oficial, Miguel Sebastião Oliveira Júnior. Em clima de forte emoção, os demais concluintes receberam os certificados das mãos de seus familiares.

 IMG 20211028 WA0022

Foi prestado um tributo póstumo ao Choqueano 07. A esposa do subtenente Erivaldo Oliveira dos Santos, senhora Micheline Marina, e a filha Ísis Patrícia receberam a homenagem em nome do militar que partiu em maio de 2020 vítima de complicações da Covid-19, mas deixou um legado de bom serviço, técnica e comportamento excepcional.

 

“Foram quatro semanas de aprendizado muito pertinente ao exercício da tropa de choque e, de maneira especial, à atividade policial como um todo. Aprendemos que somos um muro instransponível fundamentado em 12 leais escudeiros que, não importa o aguilhão, defenderão sua linha de forma irascível e protegerão todo o pelotão sem recuar”, disse um trecho do discurso do orador da turma, o choqueano 07 do 2º CCDC, Aspirante Murilo Gonçalves.

 IMG 20211028 WA0019

Aqueles que detêm esta qualificação e concluem com êxito, conquistam o direito de ostentar o brevê (símbolo) em suas fardas: o elmo que representa os guerreiros de choque. Após a tradicional a Oração do Choqueano, a cerimônia foi concluída com o chamado “fora de forma” da tropa de formandos, conduzido pelo mais antigo do curso, o Tenente Thiago Barros Oliveira.

II CCDC

Com um total de 258 horas/aulas, a malha curricular incluiu disciplinas como Legislação de Policiamento de Choque, Uso Diferenciado da Força, Direitos Humanos, Táticas e Técnicas de Operações de Choque, Tiro Defensivo e Material Bélico. A previsão é que o CCDC seja concluído após quatro semanas.

A primeira edição do Curso de Controle de Distúrbios Civis foi realizada em 2016 e 35 guerreiros lograram êxito em se tornar os primeiros choqueanos formados pela PM-AL. Entre eles, o subtenente Erivaldo, homenageado durante a formatura desta quarta-feira.