Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Quinta, 15 Julho 2021 13:44
LEVANTAMENTO

Pesquisa do Ministério da Justiça visa avaliar qualidade de vida de profissionais da Segurança Pública

Policiais militares do país inteiro devem responder questionário enviado por e-mail cadastrado no sistema da Senasp

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Pesquisa segue até o próximo mês de agosto Pesquisa segue até o próximo mês de agosto

Com informações da Ascom MJSP

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) está promovendo a maior pesquisa nacional para levantar informações sobre saúde, segurança, valorização e qualidade de vida dos profissionais de segurança pública e defesa social de todo o país. O diagnóstico foi iniciado em maio e segue até o próximo mês de agosto do corrente ano.

“Precisamos conhecer as características e necessidades do profissional que está na ponta, trabalhando para proteger a população. O diferencial dessa pesquisa é o compromisso do governo federal de, a partir das informações coletadas, construir políticas públicas baseadas em evidências para valorizar e dar qualidade de vida aos profissionais integrantes do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP)”, afirma o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres.

Os dados coletados vão fomentar as ações do Programa Nacional de Qualidade de Vida para Profissionais de Segurança Pública e Defesa Social (Pró-Vida) Com a Lei nº 13.675/2018, o programa passou a fazer parte dos meios e instrumentos para a implementação da Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social.

Policiais militares de Alagoas e dos demais estados federativos, bem como integrantes das diversas forças que integram o SUSP, deverão verificar o e-mail cadastrado no sistema da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) para participar do levantamento, que está sendo realizado em parceria com a Universidade de Brasília (UnB). A Senasp enviou um convite com o link que direciona para a pesquisa, que vai nortear as necessidades e demandas da PM-AL e ajudar no direcionamento dos investimentos de políticas públicas do Governo Federal.

A participação é voluntária e sigilosa, não sendo necessária a identificação pessoal dos profissionais. “Os dados serão tratados coletivamente e nenhuma informação pessoal será compartilhada”, explica o secretário Nacional de Segurança Pública do MJSP, Renato Paim.

Para mais informações sobre a Pesquisa Nacional sobre valorização do Profissional de Segurança Pública basta clicar aqui.