Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Terça, 11 Maio 2021 10:01
SEGURANÇA

Duas armas são apreendidas no interior de Alagoas

Revólveres foram encontrados na Região Norte do estado

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Arma de fogo apreendida pela RP do 6° BPM Arma de fogo apreendida pela RP do 6° BPM

 

A Polícia Militar de Alagoas apreendeu duas armas de fogo no interior do estado, durante esta segunda-feira (10). Confira o resumo das ocorrências.

 

6° BPM

.A guarnição  RP 01 recebeu uma denúncia de que um indivíduo do sexo masculino estava portando uma arma de fogo, em São Miguel dos Milagres. Com o apoio do Pelopes, os militares foram até o local e lá encontraram o suspeito, que ao avistar as viaturas tentou fugir, mas foi alcançado. Com ele foi encontrado um revólver calibre 38 com quatro munições intactas e uma pinada. O envolvido foi levado à 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Matriz do Camaragibe.

 

2ª CPM/I

Em Colônia Leopoldina, uma mulher foi encontrada com um revólver calibre 32 com numeração  raspada. A infratora de 26 anos relatou que a arma pertencia ao seu ex-marido, um homem de 33 anos que também havia sido abordado por uma guarnição de Força Tarefa e que confirmou a história. O casal foi apresentado à 8ª DRP, para serem feitos os procedimentos legais.

10 05 2021 2 CPMI

 

3°BPM 

Uma mulher de 27 anos foi presa no bairro Senador Arnon de Melo, em Arapiraca, por perturbação do sossego alheio. Contra a autora, já haviam registrados cinco Boletins de Ocorrências desde o dia 09. Ela foi conduzida à Central de Polícia Civil junto com a caixa de som apreendida em sua residência.

10 05 2021 3 BPM

 

Mais cedo, durante rondas ostensivas em Arapiraca, a Guarnição RP 04 recebeu a denúncia de uma tentativa de suicídio na Praça Ceci Cunha. Ao chegar no local foi constatado que tratava-se de um homem de 26 anos, suspeito de praticar furtos na região.O indivíduo havia sido reconhecido por populares que tentaram linchá-lo, mas ele conseguiu escapar e foi quando subiu no alto de uma montanha russa do  parque próximo ao ginásio João Paulo II. Os militares conseguiram negociar com o suspeito, que desceu do brinquedo e foi conduzido à Central de Polícia Civil junto ao material apreendido com ele, que seriam dos furtos praticados.