Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Segunda, 26 Abril 2021 13:55
PREVENÇÃO

Para coibir trotes ao 190, 2º BPM compra identificador de chamadas

Objetivo é reduzir esse tipo de crime, assim como identificar e punir quem o comete

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Aparelho vai ajudar a coibir ações de falsa comunicação de crime ou de contravenção Aparelho vai ajudar a coibir ações de falsa comunicação de crime ou de contravenção

Diante do excessivo número de chamadas falsas para a Central 190, o 2º Batalhão de Polícia Militar (BPM) adquiriu um moderno aparelho com identificador de chamadas. O objetivo é reduzir esse tipo de crime, assim como identificar e punir quem o comete.

O trote aos serviços de emergência é um crime previsto no Código Penal. Quando identificado, o autor é enquadrado no artigo nº 340 do Código Penal: falsa comunicação de crime ou de contravenção, cuja pena é detenção de um a seis meses ou multa.

Além de ser crime, os trotes prejudicam o atendimento da Corporação à sociedade alagoana, tendo em vista que muitas vezes ao se dirigir para verificar tal informação, a guarnição pode deixar de atender uma ocorrência verdadeira, que pode resultar inclusive na perda de uma ou mais vidas. As chamadas falsas demandam efetivo e também prejuízo aos cofres públicos.

“Nós reiteramos o compromisso desta Unidade Operacional com a sociedade dos municípios atendidos, assim como desejamos que diminuam esse tipo de postura inadequada, pois prejudica a coletividade”, afirmou o comandante do 2º BPM, major Luiz Santos.

O 2º Batalhão da PM abrange as cidade de União dos Palmares, Santana do Mundaú, São José da Laje, Murici, Branquinha e Ibateguara. Todas as ligações feitas para o 190 dessas localidades são direcionadas à Central que fica na sede da Unidade Militar. Outro número que também pode ser usado para fazer chamados à PM é o (82) 3281-2555, que também será monitorado pelo aparelho adquirido.