Sexta, 24 de Novembro de 2017
   
Texto

Proerd firma parceria com Sesau e Detran para trabalho nas escolas

Proerd já atendeu mais de 30 mil crianças só neste ano
 
Uma festa de cores e alegria marcou a solenidade de Formatura do Curso de Instrutores Proerd Currículo Pais e Responsáveis, ocorrida na manhã desta sexta-feira (10) no Palácio do Governo.
 
A formatura foi promovida pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), que é uma das estratégias de prevenção da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e que já atendeu mais de 30 mil estudantes só este ano.
 
O curso surgiu da parceria com a coordenação do Proerd pernambucano e foi ofertado a 20 policiais militares de vários estados brasileiros, que agora estão habilitados a serem instrutores de adultos, pais ou responsáveis, como complemento ao curso desenvolvido com crianças e adolescentes matriculados nas redes, pública e privada, de ensino.
 
O secretário Cristian Teixeira falou sobre a motivação dos militares. “Vejo amor e empolgação em vocês. O mundo precisa de pessoas assim. Sou admirador desde criança da Polícia Militar e acredito no potencial do Proerd em contribuir para uma sociedade mais justa e longe das drogas”.
 
A coordenadora do Proerd em Alagoas, coronel Valdenize Ferreira, externou a confiança no trabalho desenvolvido por sua equipe. “Nossa equipe trabalha diariamente levando esclarecimentos que valem para toda a vida. Despertamos a cultura de paz como forma positiva para viver”.
 
Na ocasião, a coordenadora do Proerd juntamente com o secretário Cristian Teixeira e o chefe de Gabinete do Detran Antônio Tenório assinaram documento intitulado Protocolo de Intensões, selando a parceria entre os órgãos para atividades conjuntas nas escolas.
 
Também estiveram presentes à solenidade o diretor do Colégio Tiradentes tenente-coronel PM Carlos Azevedo e o major BM Rondnelli Barros, representando os comandantes-gerais das respectivas corporações militares; a chefe do Núcleo de Ensino da SSP, Sueli Cavalcante; e os representantes da AABB Comunidade e Lar São Domingos, Elaine Pereira e Ricardo Santos, respectivamente, parceiros do Proerd em Alagoas.
 
A prática da andragogia
 
Durante três dias, os militares permaneceram na sede da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), no bairro de Pescaria, onde receberam instruções atualizadas sobre drogas licitas e ilícitas, estratégias de combate à violência em todas as suas esferas e oficinas para orientações sobre como lidar com as pressões para o uso de entorpecentes.
 
O instrutor e coorientador do Curso Pais, major PM Jairo Freitas, da Polícia Militar de Pernambuco descreveu a nova prática curricular. “Trata-se da andragogia, que é a prática educativa voltada para os adultos em sentido de orientação. É uma demanda de mercado, e não apenas atua em prevenção primária, mas com situações confirmadas de abuso de drogas. O objetivo é resgatar os pais ou responsáveis que tenham contato com algum tipo de droga”, esclareceu Jairo.
 
A equipe do Proerd alagoano cedeu alguns de seus militares para serem mentores das equipes para orientar os alunos sobre atividades e trabalhos desenvolvidos durante o curso. O policial Hugo Torres falou sobre a experiência.
 
“Serviu como mais um aprendizado pedagógico e militar, pois, o mentor lida com a orientação sistematizada e a disciplina para o melhor aproveitamento do curso e a facilitação da aprendizagem significativa”, explicou Torres.
 
A ludicidade como metodologia
 
O aspecto lúdico faz parte da metodologia do Proerd e é costume nos cursos de instrução os alunos militares serem divididos em equipes que recebem a denominação de uma cor. E foi com balões em tons de azul, vermelho, verde e amarelo e “gritos de guerra” que os 20 policiais adentraram ao local de formatura. Todos receberam certificados com carga horária de 30 horas/aulas.
 
O capitão Fabrício Ribeiro, da Polícia Militar da Bahia, falou sobre a continuidade do aprendizado adquirido no curso. “Os conhecimentos adquiridos serão disseminados para contribuir com a segurança da população de Juazeiro, onde trabalho. Um dos grandes aprendizados foi o uso da ludicidade para atrair a atenção dos pais em compreender nossas instruções”, ressaltou Fabrício.
 
Para o soldado alagoano José Henrique Oliveira será mais um desafio em sua carreira militar. “Como não sou pai ainda e o objetivo do curso é ensinarmos os pais a serem pais, gera uma expectativa em torno do feedback. Mas, estou disposto a contribuir com a nova modalidade do Proerd”, destacou.
 
Baseado na reflexão sobre como orientar os pais na educação dos filhos no tocante aos perigos oferecidos pelas drogas, o orador da turma sargento PM de Sergipe, Ismael Vieira, destacou em seu discurso o poder da comunicação e citou o filosofo grego Heráclito.
 
“A comunicação é uma habilidade que pode ser usada para transformar vidas. É preciso refletir o nosso papel na sociedade e o da PM é a segurança das pessoas, e isto se faz também com prevenção”, proferiu Ismael ao citar a frase de Heráclito: “Tudo flui, nada permanece igual”.
 
A solenidade foi encerrada com a tradicional música do Proerd, que foi cantada e dançada pelos policiais militares formados.​
 
Fonte: Agência Alagoas
Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

ATENÇÃO

Edital de seleção CPM 2018

CPM 2018

PESQUISE NO SITE

ACESSO À INFORMAÇÃO

Banner

DISQUE DENÚNCIA

Banner
Banner

INFORMATIVOS

Banner
Banner
Banner

CONTATO

ALAGOAS EM DADOS E INFORMAÇÕES

Banner

LINK CNCG