Sábado, 20 de Abril de 2019
   
Texto

Polícia Militar comemora Dia Internacional da Mulher com lazer e homenagens

Aula de zumba, café da manhã e entrega de brindes foram uns dos atrativos da festa
 
A Polícia Militar de Alagoas promoveu na manhã desta sexta-feira (08), data em que se comemora o ‘Dia Internacional da Mulher’, um momento de lazer e homenagens para o efetivo feminino que integra as fileiras da corporação. A ação teve início às 10 horas, na sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos Militares de Alagoas (ASSMAL), Trapiche da Barra, Maceió.
 
Como forma de homenagear a todas as mulheres pela passagem de seu dia festivo, elas puderam dançar e se exercitar em uma aula de zumba, ministrada pela humorista Paty Maionese, que além da dança, alegrou o público com suas histórias engraçadas.
 
O evento foi prestigiado pelo comandante-geral da PM, coronel Marcos Sampaio, que aproveitou o momento para parabenizar as suas comandadas.
 
"O que seria do mundo sem as mulheres? elas são a base de nossas famílias, sempre com sua ternura e força, é capaz de solucionar todos os percalços e responsabilidades do dia a dia. Essenciais para nossa Corporação, dão um acréscimo especial em todos os setores, seja no âmbito operacional ou administrativo", explicou o oficial.
 
Para a cabo Angela Kariny, o momento foi extremamente prazeroso, pois além de se exercitar ela pôde rever suas companheiras.
 
"Ser policial exige muito de nossa mente, é necessário sempre estarmos atentas e focadas naquilo que estamos fazendo, então, poder passar um dia sem esse compromisso, com o único objetivo de se divertir, é fundamental para tirar o estresse e nos renovarmos para os novos desafios que virão", esclareceu a participante.
 
Após a animação as policiais militares, e o público feminino que participou do evento, puderam degustar de um delicioso café da manhã proporcionado para elas, além da entrega de brindes, oferecidos pelo Café Santa Clara e Atlântica Motos.
 
Inserção de mulheres na Polícia
 
Foi no ano de 1955, que a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SP) promoveu a primeira experiência do Brasil de inserção das mulheres nas atividades policiais, tornando-se, deste modo, um paradigma de modernização para as corporações policiais do país.
 
Em Alagoas a primeira turma de Praças femininas foi instituída no ano de 1989. O grupo, composto por 35 mulheres do Curso de Formação de Soldados Femininos (CFSd Fem) e 11 do Curso de Formação de Sargentos Femininos (CFS Fem), foi o primeiro formado em Alagoas. Um ano antes, em 1988, como não havia Academia de Polícia em Alagoas, as primeiras oficiais femininas foram formadas em Pernambuco e Minas Gerais, retornando em 1990 ao Estado para iniciar a carreira policial militar.
Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

ATENÇÃO

Campanha PMAL

CONVENIO

PESQUISE NO SITE

ACESSO À INFORMAÇÃO

Banner

INFORMATIVOS

Banner
Banner
Banner

DISQUE DENÚNCIA

Banner

LINK CNCG

ALAGOAS EM DADOS E INFORMAÇÕES

Banner